Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"MENINO DE RUA"

Ao menino perguntaram.
- Qual terra tu amas mais?
Respondeu com outra pergunta.
- Que diferença isso faz?
Novamente perguntaram.
- Que terra, tu tens mais amor?
Retrucando respondeu.
- Sou brasileiro senhor...
não importa se do norte,
do sul, ou do centro-oeste...
se nasci no estremo sul,
ou no recôncavo do nordeste;
Ou ainda se nasci...
aqui mesmo no sudeste.
Outra vez lhe perguntaram
da sua escolaridade,
o menino respondeu
com toda sagacidade.
- Que importa se nasci...
no campo ou na cidade,
se cursei ensino médio,
fundamental, ou faculdade...
se hoje há tantos doutores
mendigando caridade.
Perguntaram da família,
se tinha mãe, se tinha pai.
- Pai eu tinha, hoje eu não tenho,
mãe, nem cheguei conhecer...
desde pequenino vivo,
mendigando o que comer,
sou um menino de rua
luto pra sobreviver.
Perguntaram sobre os sonhos,
que ele tinha pro futuro,
a resposta foi tão triste
sem orgulho, sem devaneios, 
uma resposta sem brilho
de quem perdeu seus anseios,
que futuro tem alguém...
que não tem pouso nem lar,
que não tem pai, nem irmãos,
nem alguém pra orientá-lo?
Seu futuro é obswcuro;
Seu futuro é um triste fim,
sua sorte é o desprezo...
seu pensamento é assim.

Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 25/03/2006
Código do texto: T128328
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
3870 textos (257182 leituras)
185 áudios (36330 audições)
9 e-livros (7402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:15)
Antonio Hugo

Site do Escritor