Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***TEMPO PERDIDO***

 
 
 
QUANTAS VEZES CONTIGO SONHEI,
SONHOS QUE JAMAIS REALIZEI,
QUANTO TEMPO PERDIDO,
VIVENDO UM AMOR PROIBIDO...
 
QUANTAS VEZES EU DESEJEI,
ACORDAR DE UM SONHO ASSIM,
SENDO POSSUIDA POR TI
VIVENDO UM AMOR SEM FIM
 
QUANTAS NOITES VAGUEI,
DESEJANDO UM BEIJO SEU,
EM PLANTOS ADORMECIA,
DEPOIS CONTIGO SONHAVA...
.
QUANTAS NOITES EM CLARO,
PARECIA UM DESAFIO,
A MINHA BOCA SECAVA,
MEUS OLHOS FORMAVAM UM RIO...
 
 PASSAVA AS NOITES CHORANDO,
IMAGINADO O CORPO SEU,
QUE DE AMOR ME ESTONTIAVA,
ERA MAIS UM SONHO MEU...
 
EM ÊXTASE EU SEMPRE ESTAVA,
E NÃO CONSEGUIA ME CONTER,
ERA UM AMOR IMAGINÁRIO,
ERA UM SONHO DIFICIL DE ENTENDER...
 
QUANTAS VEZES EU TE AMEI,
TENTEI ME ENGANAR E CONSEGUI,
E DEPOIS QUE ACORDAVA,
VIA QUE ERA MAIS UM SONHO,
VOCE NUNCA ESTAVA ALI...
 
ERAM SONHOS E TORTURAS,
COISAS DO MEU CORAÇÃO,
TIRAVA-ME O SONO ME POSSUIA,
FAZIA-ME PERDER A RAZÃO...
 
 
QUANTAS VEZES FUI POSSUÍDA,
E NOS SONHOS EU ME PERDI,
VIVENDO A MAIS LINDA VIAGEM,
ENTREGANDO-ME POR INTEIRA A TI...
 
 
AUTORA NADIR VILELA
(DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS)
EM 29-03-2006 BRASIL-ITATIAIA-PENEDO


Nadir Vilela Poetisa
Enviado por Nadir Vilela Poetisa em 29/03/2006
Código do texto: T130430

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir Vilela Poetisa
Itatiaia - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
572 textos (84747 leituras)
63 áudios (23024 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:06)
Nadir Vilela Poetisa