Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

reflexão sobre a morte I

quando o tempo esquecer-se de mim,
e esquecerá, assim como esqueço-me das horas
e me perco em pensamentos redundantes,
então serei eu entre as coisas
como se eu as fosse elas e elas me fossem todas
num só corpo, e o universo será meu.
quando o tempo esquecer-se de mim,
e esquecerá,
planta rosas por sobre essa minha matéria fútil
e espadas-de-são-jorge
e planta folhagens que se deitam longas, como se dormissem profundas,
como se chovesse à tarde depois do almoço,
e planta flores simples como aquelas que os campos guardam,
delicadas como um banho de bebê e esse cheiro macio que exala contente
e não sabe que é contente,
me deita sob a simplicidade congênita do mundo
e serei fértil com ela, e amante
como se deitasse um beijo nos seios nus de uma ama-de-leite
boa e macia.
e assim nascerei,
nascerei de cada ramo em espírito e verdade
e terei um jardim que cultivar e admirar nas tardes de frio,
e quando for noite, dorme-dormes anoitecerão comigo,
e quem sabe um crisântemo acordará outros mortos
em suas despedidas de verão.
por fim, diz que aquele jardim cuida um homem
que em vida chorou de lágrimas brancas,
poeta sem lira
e morreu de tristeza.

(27/11/2004)

este e outros poemas do autor fazem parte da obra "Esquizolira e Desalinho" publicada neste link:
http://perse.doneit.com.br/paginas/DetalhesLivro.aspx?ItemID=669
andré boniatti
Enviado por andré boniatti em 02/04/2006
Reeditado em 21/07/2011
Código do texto: T132499
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (andré boniatti). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
andré boniatti
Corbélia - Paraná - Brasil
288 textos (45244 leituras)
17 áudios (849 audições)
14 e-livros (767 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:24)
andré boniatti