Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje

Eu não me importo se a segunda é triste,
Se a terça é cinza e a quarta também,
Se a quinta, como a sexta, também existe,
Que o sábado e o domingo digam amém!

Pois é hoje, não importa o dia,
Que eu vivo e transmito alegria,
Se eu trabalho e conquisto o meu pão,
Ou se saio, só por diversão.

O ontem, de tão distante,
Sua lembrança me faz chorar.
Traz sorrisos em meu semblante,
Traz tristezas em meu olhar.

Do amanhã que nunca chega,
O que mais devo esperar?
É como a lua, que nunca é pega,
Só o que posso: imaginar.

Mas hoje é o que eu queria,
Vou viver sem utopia,
Encarar sem covardia,
Hoje é hoje! É o meu dia!
Lupo
Enviado por Lupo em 03/04/2006
Código do texto: T132816
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lupo
Ilha Comprida - São Paulo - Brasil, 41 anos
44 textos (1391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:38)
Lupo