Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

403-HOJE NÃO SEI DOS TEUS PASSOS-Poesia-tradicionalista:Vilanela 002

403-HOJE NÃO SEI DOS TEUS PASSOS

Poesia-tradicionalista:Vilanela 002
Por Sílvia Araújo Motta

Terceto:
(-1-) Ontem estavas nos meus braços...
2-Eu não pensava em fracassos!
(-3-) Hoje não sei dos teus passos.

Terceto:
4-À distância de dois passos
5-recebíamos abraços...
(-1-) Ontem estavas nos meus braços...

Terceto:
6-Desfizeste nossos laços,
7-não deixaste nem os traços!
(-3-) Hoje não sei dos teus passos.

Terceto:
8-Sem demonstrar embaraços,
9-nem pressentir os trompaços,
(-1-) ontem estavas nos meus braços...

Terceto:
10-Nas pautas não há compassos
11-só tropeço ante os percalços...
(-3-) Hoje não sei dos teus passos.

Quarteto em Trova:
12-Na saudade dos abraços
13-só ressoam descompassos:
(-1-) Ontem estavas nos meus braços...
(-3-) Hoje não sei dos teus passos.

Belo Horizonte, 3 de abril de 2006.

Trova 0005:

Vilanela, na estrutura,
tem tercetos. Afinal,
rima cruzada emoldura,
forma uma quadra final.
Sílvia Araújo Motta

Obs:
O 1º e o 3º versos da 1ª estrofe ou 1º terceto
reaparecem,
alternadamente,
ao fim de cada terceto seguinte.
Na estrofe final(na trova/quarteto)
reaparecem,
como dois últimos, o primeiro
e o terceiro versos do primeiro terceto.
Belo Horizonte, 2 de abril de 2006.

---***---

Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 03/04/2006
Reeditado em 24/09/2006
Código do texto: T132962
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
6555 textos (668717 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:18)
Silvia Araujo Motta