Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto





Sei da sopa juliana
que se corta miudinha
antes de ir prá panela

depois sal, azeite a gosto
e fica o prato composto

comer saudável, meu rei
como tu sabes e eu sei

sabiam nossos avós
contando com todos nós

mas agora é uma corrida
ninguém liga prá comida
no mundo desmedido sofrem
ricos e os pobres com fome

morrem aqueles enfartados
morrem os outros coitados
ai quem lhes dera lá ter
uma côdea para comer!

mas o mundo é desigual
injusto
vai muito mal

uns comem o que se lhes dá
outros é tudo meu:
dá cá!

não me entendo com franqueza
com tão diferentes à mesa
pois se eu que já sou antiga
sei que a minha barriga

é igual à do irmão
que só come sopa e pão

porque haverão os doutores
de ser donos dos sabores?!


Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 03/04/2006
Reeditado em 20/12/2010
Código do texto: T133048
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Petronilho (registo www.igac- ref 2276/DRCAC - Ministério da Cultura, Portugal)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Petronilho
Almada - Setúbal - Portugal, 64 anos
1238 textos (130540 leituras)
60 áudios (14347 audições)
9 e-livros (5156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:14)
Maria Petronilho

Site do Escritor