Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RASCUNHO DE VIDA

Ah, Senhor , quanta vida há

Igual brisa vadia
Passando por entre as janelas

Igual poeira em gaveta vazia
do armário do canto

Igual vestido esquecido
Com marcas de dobrado

Igual dobradiça rangendo
Assustando os acordados

Igual goiaba roubada
Com bicho na  metade

Feito gato de esgueira
No telhado

Passos sorrateiros
De fantasma atormentado

Já não há nada que eu queira
Nem mesmo ser lembrado.

Maria Helena de Melo Rodrigues
Enviado por Maria Helena de Melo Rodrigues em 03/04/2006
Reeditado em 21/09/2006
Código do texto: T133071
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Helena de Melo Rodrigues
Goiânia - Goiás - Brasil, 54 anos
59 textos (2508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:41)