Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Asas da Paz

Estávamos todos ali,
Conversando e fumando.
Nada acontece aqui,
Pessoas andando.
Quando olho de repente,
Vejo aquela menina, só escutando!
Atenciosa a tudo!
Será que ela me entende,
Como seria o seu Mundo?
Comecei a me expressar.
Já ela começou a se animar.
Resolvemos os assuntos das alturas.
Esculpimos a nossa escultura.
E ela me disse: Vamos!!
Quando olhei em minha volta,
Vi todos estagnados!
“Da onde veio este sussurro??”
Todos estavam espantados...
Como será que ouviram a voz dela,
Ela só é a minha protetora,
Mas no meio desta Guerra,
Ela só queria um pouco de atenção.
Pois só eu a escuto
E lhe digo sobre o coração!!
São mistérios noturnos,
Luzes em movimento.
Quase me dão sustos,
Mas vejo que querem um pensamento!!
São passos ocultos,
Brilhos que fojem,
Saindo de seus “túmulos”,
Quero que me olhem...
Dúvidas quando passam,
Esclarecidas quando falam!
Arrepio na espinha,
Quando ainda tinha,
Uma lágrima da Vida!!!

By Fourmig4®
Fourmiga
Enviado por Fourmiga em 06/04/2006
Código do texto: T134650

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fourmiga
Itajaí - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
28 textos (1321 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:09)
Fourmiga