Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O FIM...

Eu queria expressar o que agora sinto
Mas, não consigo, pois não sei o que é...
Raiva? Mágoa? Dor? Vazio?
Não sei, só o entorpecimento meu corpo tomou.

Não deixei de amar, isso não se desliga,
Apenas não consigo mais externá-lo,
Foram tantas as palavras, e todas tão duras
Que ele encolheu-se, feito criança assustada.

Não sei aonde foi que nos perdemos,
Mas, certamente podíamos ter feito tudo diferente.
Talvez nos tenha faltado o devido discernimento,
Ou mesmo paciência, nesse longo processo de conhecimento.

Só sei que, de tudo isso, o que me resta,
É um sabor amargo, no fundo da garganta, escondido.
Não consigo realmente definir,
Se isso é dor, ou medo, medo de compaixão.

Mas, se queres a tua liberdade: ei-la de volta!!!
Só espero que ela não tenha sido o teu algoz.
Pois uma liberdade que limita os sentimentos,
Não liberta, apenas adia o sofrimento.

Se pensas que ser livre equivale a ficar na solidão,
Deixo-te só, respeitando o teu pensar.
E só espero que, se acaso te arrependeres,
Já não seja tarde demais para tentares uma volta...

(escrito aos 10/01/2005 – 11:40 horas)
Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 07/04/2006
Reeditado em 05/07/2009
Código do texto: T135096
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
O Fim - Akasha De Lioncourt
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akasha De Lioncourt
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
706 textos (1035309 leituras)
72 áudios (109737 audições)
30 e-livros (56853 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:28)
Akasha De Lioncourt

Site do Escritor