Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O POETA TAMBÉM CHORA

O POETA TAMBÉM CHORA
Marcial Salaverry

O poeta também chora,
quando vê seu amor magoado...
quase desesperado,
com uma tristeza que o devora...
O poeta também chora,
Por ver seu amor entristecido...
E quando seu amor de tristeza chora,
Por pensar ter o amor perdido...
O poeta também chora,
quando percebe seu amor afastado...
Percebe sem demora,
Como está apaixonado...
O poeta também chora,
quando só quer ser amado,
e fica triste por ter brigado...
Mas se ama, fica... não vai embora...
O poeta também chora,
Quando seu amor tão amado,
Tem uma tristeza que o devora...
também chora... porque está apaixonado...
O poeta agora não chora mais,
Porque por amar demais,
Quis seu amor resgatar,
E para sempre com ele ficar...

Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 28/04/2005
Código do texto: T13687
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19847 textos (1962070 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:54)
Marcial Salaverry