Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pare enquanto há tempo.

Abri o Word como pensamento fixo
reeditar algum poema
Atualizar os versos
Adapta-los ao vigente sistema
Incluir em algum esquema
Ser lobista
Padrinho
QI do nepotismo
Um verdadeiro dilema
Facilitar a vida ou manter a procedência
Piscou meu cérebro
sapiência
O único problema
A pedra no sapato
É o fato
de não deter o controle das combinações
Elas me escapam
meus versos são rebelados
descabelados feito mendigo
dois anos varado
três anos vagando bebados e varridos
sem banho só caatinga
fedendo toda a podridão que habita a vida
desistiram de convencer alguém
que sejam capazes de vencer
o título no caso
é a derrota
da sinceridade
contra a superficialidade
mentir pra si
a maior das promiscuidades
a padronização da felicidade poda o melhor da vida
convenção é ato suicida
sobe no banquinho
descobre o horizonte atrás do muro
da vida.

Marco Cardoso
Enviado por Marco Cardoso em 12/04/2006
Código do texto: T137922
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1601 textos (34633 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:12)
Marco Cardoso