Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA ROÇA




MINHA ROÇA





Eu vou pra minha roça
A buscar sossêgo em meu ser
Pra beber água da fonte
Pra molhar minha emoção.

Quando busco a minha roça
Trago uma certeza
que a rua não existe
Alcançando paz no coração.

E o (meu) Ribeirão até se enche
E os passarinhos são mais numerosos
E o cheiro do mato é até mais forte
E sem falar do tempero, que mais gosto.

Vou viver em minha roça
Junto dos que mais amo
Pra mostrar porque choro
das belezas da minha roça.

E o meu Ribeirão...que mais gosto.







Marino Carneiro
Marinho Carneiro
Enviado por Marinho Carneiro em 13/04/2006
Código do texto: T138586
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marinho Carneiro
Serra Azul - São Paulo - Brasil, 51 anos
6 textos (243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:19)
Marinho Carneiro