Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO-ARRUMADO NUNCA!

SONETO-ARRUMADO NUNCA!


Eu não estou arrumado em Poesia!
Estou sim é cada vez mais embutido...
Ninguém se arruma assim como dizia;
Um leigo na matéria e desmedido!...


Serei sempre poeta enquanto o dia...
Amanhecer comigo, e vivido...
A Gregos e a Troianos, eu negaria...
Agradar todos não fará sentido!...


Assim irei fazendo os meus sonetos
As glosas, as oitavas ou tercetos,
E em tudo o que eu souber, eu versarei...


Em toda a poesia há uma linha...
A Quadra que será sempre a Rainha,
E o Soneto é então Poema Rei!...


João da Palma
João da Palma
Enviado por João da Palma em 14/04/2006
Código do texto: T139042
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João da Palma
Portugal, 76 anos
101 textos (8775 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:34)
João da Palma