Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tarântula


Nas canetas uniformes azuis,
escrevi gestos com fusos horários diferentes,
um copo de papel cristal servia-me com
mesas redondas e sem espinhos,
tarântulas me roubam os pensamentos,
e o que sinto?
O que sinto não importa e o que penso é vão.

O que sou é conseqüência...
O que fui é eloqüência...
Capitão Lemmon
Enviado por Capitão Lemmon em 14/04/2006
Código do texto: T139094
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Capitão Lemmon
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil, 31 anos
49 textos (2389 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:05)
Capitão Lemmon