Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Até quando?

    Mais um dia.
    Agora
    devo partir
    ir á luta
    sorrir.
    Colar um riso
    estereotipado
    Vestir-me com elegância
    Ah! não esquecer
    de ser educado...
    Ter muita tolerância,
    da manhã ao entardecer.
    Tomar dinheiro emprestado
    pra pagar o aluguel
    atrasado.

   Tudo isso se suporta.
   Até dor de dente,
   pendurar-se no coletivo,
   bater com a cara na porta,
   mas...Suportar inda por cima,
   estampado em cada esquina,
   noticias de um presidente
   que mais parece abortivo,
   que não ouve, não sabe,
   verdadeiro entrave,
   aos destinos da nação,
   já é pedir demais
   a esse povo sofrido,
   que tem altivo o coração.
   Acho que já pagamos
   o preço do arroz+feijão,
   e nos fartamos de humilhação.
   Ao que está posto,
   e engolimos com desgosto,
   agora digamos...NÂO.
   
 
   


Teca
Enviado por Teca em 15/04/2006
Reeditado em 15/04/2006
Código do texto: T139506

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1121 textos (122837 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:53)
Teca

Site do Escritor