Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma Ilusão

            Vai o tempo vem o incerto,
            Distante mais com um colorido sensível;
            Parece uma adição impossível.
 
            Uma mágica sem disfarce,
            Onde o mágico é a solene ilusão,
            Que manipula o singular coração.


            Que caça a complexa liberdade
            Mas sem uma lei absoluta,
            Ou liberdade condicional.

            Parece ser o momento do infinito,
            Onde o limite não existe.
            Onde viver é poder sonhar.


            Onde o arrebatador devaneio!
            Não é o sublime ato de tocar
            É apenas parar,imaginar e esperar.


                 
         
                 
Poeta Mario Macedo de Almeida
Enviado por Poeta Mario Macedo de Almeida em 18/04/2006
Código do texto: T140832

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Mario Macedo de Almeida
Guarujá - São Paulo - Brasil, 55 anos
676 textos (39565 leituras)
3 áudios (248 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 09:01)
Poeta Mario Macedo de Almeida