Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Livre


Ainda solto as minhas asas,
E fujo da gaiola enfeitada,
Da alimentação de alpistes,
Selecionada com requinte.
Evitando ser observada,
Por entre as grades de latão,
Recobertas de fina prata.

Ainda vejo as montanhas,
E faço um voou rasante no mar,
Pesco meu próprio peixe,
Quando desejo me alimentar.

Ainda que acompanhe o bando,
Quando estou triste vou para as nuvens,
E distante de tudo me ponho a cantar.

Ainda que digam o contrário,
Sigo para o norte ou mesmo para o sul,
Minha bússola é minha vontade,
Pois juntei a esta liberdade,
A minha alma e meu sofrido coração.

E ainda que possam tentar me entender,
Às vezes me canso de ser... assim... tão livre.






® copyright de Sonia Maria Ferraz
PUBLICADO ORIGINALMENTE EM: 3/4/2004 7:17:02 AM
Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 20/04/2006
Reeditado em 20/04/2006
Código do texto: T142133
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
665 textos (37146 leituras)
33 áudios (5813 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:20)
Sonia Ferraz

Site do Escritor