Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cegueira imposta


A Mentira é a espada
do falso cavaleiro,
transpassada no coração do anjo bom.
É o grunhido do abutre,
que espera sua indefesa presa,
para abocanhar.
É a dor mais doída,
oferecida pela ilusão,
com o desejo infame de enganar.
É a cegueira imposta,
que interrompe propositalmente a visão,
na tentativa cruel de destruir
um coração.
Esse monstro chamado Mentira
não ataca sozinho.
Há uma cúmplice,uma aliada: a Falsidade,
que lhe dá mais poder de persuasão,
tornando aquele que outrora foi herói,
um covarde, um medroso,
um sem-querer, um sem-razão.
E o herói, desfalecido pela Mentira,
vive só de recordações de suas venturas,
porque Viver deixou de ser seu verbo,
Desconfiar foi o verbo que sobrou.
SueliFajardo
Enviado por SueliFajardo em 20/04/2006
Código do texto: T142425

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SueliFajardo
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil
942 textos (29991 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 12:05)
SueliFajardo