Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em quatro paredes

Hoje acordei como uma lamparina no fim de sua chama.
Pavil já quais seco,luz fraca,já quais sem vida.
Me senti tão só, que senti pena de mim .
Olhei ao redor  e tudo estava tão frio,faltava você.
Tenho o calor do quarto das cobertas ,
mais não do seu corpo aqui.
Corpo que me incendeia , me inflama de desejo e tesão.
Estou só entre quatro paredes ,e por um oceano que me separa de ti.
Porque não vem?
Esquentar meu corpo que espera pelo seu,nesta cama vazia.
Vem ficar comigo ser meu combustível e acender esta chama que se esvai.
Vem esquentar este corpo que vibra ao som de sua voz,que espera o toque de suas mãos,
e o calor de sua boca ,o encaixar de seu corpo junto ao meu.
Vem não deixe minha chama apagar sem te ver.
Vem e me leve para dentro de você.

Edi Diniz
Hedi Diniz
Enviado por Hedi Diniz em 23/04/2006
Código do texto: T143678
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hedi Diniz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 58 anos
1078 textos (99123 leituras)
1 áudios (264 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:50)
Hedi Diniz