Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nódoas

Queria me mutilar, correr contra o vento,
me rasgar inteira pra ver se isso que eu sinto sai daqui.
Eu não quero, vai embora,
já sofri tanto
que não acredito que vou sofrer tanto de novo.
E sinto que a pior parte está por vir,
que é não mais falar com você...

Se eu corresse,
com o vento gélido batendo no meu corpo,
talvez ele arrancaria o que sinto,
me cortaria inteira,
sangraria até a ultima gota pra ver se junto saíam
as nódoas tuas que em mim ficaram.
Sinto seu cheiro impregnado,
ao mesmo tempo que sei que amei sozinha na maior parte das vezes,
ao mesmo tempo que sei que não vou conseguir ficar sem te ouvir.
Não vou
Não posso
Não quero
mas não posso me esquecer que você ainda a ama
tanto que nem você mesma sabe o quanto
e que vocês talvez voltem.
Tenho que ser forte
mas pra mim ou pra você?
O que seria ser forte nesse momento?
Continuar te ouvindo e me segurando,
cuidando pra não me enganar,
ou conviver com meus gemidos de dor por saber que não vamos nos falar mais?
Estúpida,
estúpida, estúpida, estúpida, estúpida.
Diana Marques
Enviado por Diana Marques em 25/04/2006
Código do texto: T145276
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Diana Marques
Guara I - Distrito Federal - Brasil, 32 anos
22 textos (909 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:24)
Diana Marques