Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PATRIA MINHA

Pátria minha...Mãe hoje não tão gentil
Quero cantá-la em prosa e verso...
Pela parcela de culpa que tenho em mim
Por muitas vezes não lhe proporcionar
O penhor de igualdade que dei a outro Pais!

Tantas vezes valorizei o produto externo...
Quantas vezes cantei a musica "gringa"...
E no escárnio deixei o impávido colosso...
Fazendo crescer os que nunca nos valorizaram
Tornando-nos o Pais da brincadeira sub-desenvolvido!

Pátria minha...Mãe hoje não tão gentil...
Vou cantar teu formoso céu risonho e límpido!
Limpar  minh'alma no espelho de tua grandeza!
Pra nunca mais esquecer que sou sua filha...
Que mesmo sendo esquecida, abandonada por mim
 não me tirou do berço esplendido, do qual nasci!

E mostra-me a todo o momento teus risonhos...
Lindo campos floridos, seu bosques cheios de vida...
E seus filhos atingindo o destaque merecido nesta vida!

Eu, que por não acreditar... não amar o "ser" brasileiro...
Nada produzi...não te iluminei ao sol do Novo Mundo!
Por isso peço perdão, ó Pátria Amada BRASIL!

Hoje tomo do lábaro que ostentas estrelado...
Vou mostrar-te ó amada Pátria Minha...
Que sou seu filho e não mais fujo a essa luta
Por que te adoro...até a morte... Minha mãe não tão gentil
Mas minha Pátria Amada BRASIL!

Santo André, 04.09.03 - 20:42 h
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 28/04/2006
Código do texto: T146554

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
PATRIA MINHA - Enloucrescida
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89720 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1046 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:49)
Enloucrescida