Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO QUERO MORRER AMANHÃ

Não quero morrer amanhã....
Em manhã ensolarada,
Em dia de temporal,
Não quero morrer dia nenhum...
Os meus planos são vitais.
Pode a morte me levar
mas vai ter que agüentar                                                                                 -xingamento, mal estar,                                                                                      de vez em quando,
um chega pra lá...
que vá a outro chatear!
Nem morto me pegará,
nem tonto me levará...
que ela não se faça de boba!...
Há gente que em sua loucura
vive a morte a procurar...
é só sair pela rua
dia e noite ou a qualquer hora
no clarão ou no escuro,
não é pequena a procura,
muitos a chamam de doçura,
outros de estrela de candura...
mas comigo, não tem mesura
resistirei com bravura!
Resolveremos na queda de braço,
 par ou ímpar, palitinho;
no sorteio ou no tarô.
Não deixarei a esta altura,
que me pegue pelo punho.
O MEU DESEJO É QUE ELA VÁ
E me deixe no mundo.
Zecar
Enviado por Zecar em 04/05/2005
Reeditado em 13/10/2007
Código do texto: T14692
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zecar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
249 textos (20144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:40)
Zecar