Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aos meus filhos

Pequenos paridos que fazem da vida o sentido,
Filhos de coração e devoção,
Razão da caminhada sem redenção,
Que crescem e enaltecem o amor e a comoção.
Pequenos paridos e acompanhados,
Filhos amados com aflição,
Pequenos que se amiúdam no ventre materno,
Filhos que se cuidam no colo fraterno.
Pequenos filhos que cresce,
E que maiores entristecem,
Pelas despedidas inevitáveis,
Em  busca de uma vida inconfessa,
Onde da separação dos caminhos,
Levam uma existência com pressa,
Pressa de  liberdade, de  igualdade,
Pressa da mocidade.
Mas o amor incauto,
Desmedido e intrépido,
Mesmo no desconjuro,
Jamais os esquecerá no escuro.


selene
Enviado por selene em 28/04/2006
Código do texto: T146967
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
selene
Itapema - Santa Catarina - Brasil, 53 anos
36 textos (1983 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:02)
selene