Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS MÃOS DO TRABALHADOR

AS MÃOS DO TRABALHADOR
1º DE MAIO DE 2006

AS MÃOS DO TRABALHADOR,
ESTÃO AÍ POR TODO O LADO
CUNHOS DE ENORME VALOR,
COM QUE TUDO É CARIMBADO

Estão nas pedras das calçadas,
No ouro, nos diamantes,
São as mãos mais importantes
Que fazem auto-estradas
Fazem relíquias douradas
Fazem tudo com esplendor
Fazem prazer e amor
E coisas maravilhosas
Em tudo são valiosas,
AS MÃOS DO TRABALHADOR

Fazem a mesa e a cama,
O calçado e o vestuário,
O guarda-fato e o armário
E carros topo de gama...
Fizeram o Bairro de Alfama,
E os Armazéns do Chiado
Puseram no mar salgado
Os Barcos mais luxuosos,
Mãos de jovens e idosos
ESTÃO AÍ POR TODO O LADO

Mãos que fazem aviões
A gasolina e o gasóleo
Fazem o azeite e o óleo
Mãos que plantam melões,
Cereais e os Feijões
Mãos que transmitem calor,
Mãos que fazem o motor
Do transporte terra e mar
Mãos que tudo vão marcar
CUNHOS DE ENORME VALOR

Mãos que fazem a guitarra
E a tocam p’ro nosso fado
Que tocam a viola ao lado
Onde o fadista se agarra
Mãos que de forma bizarra,
O dinheiro lhe passa ao lado
Mãos do homem explorado
P’los ricos do mundo inteiro
Mãos que aparecem primeiro
COM QUE TUDO É CARIMBADO
João da Palma
Enviado por João da Palma em 29/04/2006
Código do texto: T147485
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João da Palma
Portugal, 76 anos
101 textos (8775 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:12)
João da Palma