Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Andares ( ou analogia de um suicídio)

Fogo ardente! Queima o peito.
Adrenalina insuflada
Correr ... o nada é tudo que se quer

Vazios imensos
Maquiagens de fantasias. Manequins?
Andar ... o nada é tudo que se vê

Vozes mudas! Línguas travadas
Anéis de fumaça, vapores de espuma.
Engatinhar ... o nada é tudo que se têm

Solidão em grupo! Quereres.
Música quebrada, cristais partidos
Arrastar-se ... o nada é tudo o que restou!


JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Enviado por JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES em 29/04/2006
Código do texto: T147516
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Eldorado do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
216 textos (80453 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:10)
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES