Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Violência para todos (publicado em: Palavra é Arte-Poesia, 2014)



Tudo que existe pode violentar
Tudo que existe pode ser violentado

A violência que é para uns é justificativa para quem a pratica

Para o malvado que fere, a violência é prazer
Para o religioso que sofre, expiação
Para o filho que bate, afronta
Para o pai que bate, educação

Para o patrão que explora, lógica
Para o trabalhador que luta, revolução
Para o industrial que desmata, progresso
Para o capitalista que expropria, direito

Para o ladrão que rouba, necessidade
Para a polícia que prende, lei
Para o Estado que pune, justiça
Para o cidadão que resiste, sobrevivência

A violência sobre muitos é a paz sobre poucos

A violência do pobre o leva às cadeias
A violência do rico o leva aos bancos

A violência entre os poderosos os leva aos palanques
A violência entre os fracos os leva a elegê-los

A violência de quem domina é chamada governo
A violência de quem é dominado é chamada crime

O ensino que violenta é chamado formador
O aluno que violenta é chamado marginal

Tudo que violenta não tem memória
Tudo que é violentado ultrapassa gerações

A violência da fome gera fé
A violência da mídia gera ibope
A violência do dinheiro gera lucro
A violência da guerra gera civilização

Tudo que existe pode violentar
Tudo que existe pode ser violentado



Vitor Junior
Enviado por Vitor Junior em 30/04/2006
Reeditado em 02/06/2014
Código do texto: T148146
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vitor Junior
Maringá - Paraná - Brasil, 36 anos
380 textos (144390 leituras)
5 e-livros (131 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:38)
Vitor Junior