Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ELEVADOR LACERDA

Marco de divisa urbana monumental,
De graça e beleza.
Nascestes magestoso encravado na rocha,
Beirando o relevo da natureza.

Entre todos os monumentos baianos,
Nos postais és o primeiro.
A sua grandiosidade arquitetônica,
Entre os monumentos és o pioneiro.

Surgistes entre paisagens de casarios barrocas,
Com estética, harmonia e sutileza.
De todas as classes és serventia,
Na condução com presteza.

Fostes idealizado por um gênio:
Que pelo feito, tornou-se imortal.
Surgistes não para homenagear,
Mas para servir...
Não há a quem glorificar,
Mas para o porvir,
Que lhe há de eternizar...

                  SSA, 25/04/2006.
Este poema encontra-se publicado na Coletânea de Textos Seletos: poesia, contos e crônicas, Vol. II - Editora Pensta, 2010.                        
EVERALDO CERQUEIRA
Enviado por EVERALDO CERQUEIRA em 01/05/2006
Reeditado em 13/02/2010
Código do texto: T148343
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EVERALDO CERQUEIRA
Salvador - Bahia - Brasil
91 textos (79310 leituras)
1 e-livros (187 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:13)
EVERALDO CERQUEIRA