Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pindorama, Pátria amada

Rufem os tambores..
Grita civilização em prol dos teus amores.
Onde foi achado um povo hostil.
Derrama Pindorama
Derrama o teu brilho nesse céu anil

Os índios catequizados
Ensinados explorados
Deixaram seu pensamento ser vencido por um momento
Força que se repôs, no entanto.
Índios passivos? Nem tanto.

Da África uma árdua dor
Negros tirados de sua terra, cultivada outrora com amor.
Sem compaixão para cá vieram
Esmagados em navios negreiros
Nem sequer culpa tiveram...

Do Europeu a colonização
Um língua, uma nação.
Uma identidade talvez
Ficando isso a critério do freguês.

Arde Brasil
Suas cores diversas de um povo gentil
Suas várias mazelas de uma realidade hostil

Arde Pindorama
Rufem esses tambores misturados
Com gritos de um povo maltratado
De um povo que clama

Guerreia pátria amada
Em busca de identidade
Que outrora roubada
Transforma-se em nada
Daanihh
Enviado por Daanihh em 01/05/2006
Código do texto: T148747
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daanihh
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 27 anos
90 textos (10110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:13)
Daanihh