Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIBERDADE

O pássaro que dança em minha retina anseia por voar
Seu coração sangra e uma das asas está quebrada
Tenta mesmo assim, um vôo cambaleante
até o escuro do céu que some debaixo de seus pés
Sobe até perder o fôlego
atravessa oceanos, vales, montanhas
seus olhos lacrimajam, e baixinho soluça
ferido e quase cego dispara rumo ao infinito
tal qual raio aleijado e teimoso

Em uma redoma azul, fica transparente
Treme, vibra,brada,avança

Na carona desta ousadia guerreira
Espatifo-me de encontro ao muro.
No fundo uma luz brilha
E, antes de dormir eternamente
Leio por entre nuvens embaçadas
algo que julgo ser
LIBERDADE!!!
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Enviado por JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES em 03/05/2006
Código do texto: T149801
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Eldorado do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
216 textos (80583 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:47)
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES