Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tristango

Inicio uma dança sem esperar nenhum aplauso
                                          [apenas prazer]
A música me leva, passo a dançar em nuvens
passos firmes que as destroem
Caio num ritmo forte, caio das nuvens, caio, caio
                                     [mas não chego no chão]
Ao cair o delírio musical me perturba e me faz esquecer que estou caindo... Sem perceber volto a dançar agora no ar
onde nada me impede de dar fortes passos no ritmo enlouquecedor da música.
Abro os olhos me vejo flutuar, procuro meu parceiro e
percebo que danço sozinha... o som diminui, os passos cessam e a dança perde a graça.

Noto que continuo a cair, agora já avisto o chão e não escuto mais a música [prazeiroso tango foi], inesquecível tristango.
Griet
Enviado por Griet em 04/05/2006
Reeditado em 04/05/2006
Código do texto: T150435
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Griet
São Paulo - São Paulo - Brasil, 29 anos
12 textos (279 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:40)
Griet