Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viajante acorrentado

Mente criativa trancada
Fugindo de uma mentira arquitetada
Pegado de surpresa enquanto dormia
Derrotado por lutar pelo que sentia
Paralizando mortalmente é a unica maneira
Para o tempo escoar e depois acabar
Corra quanto puder e não olhe para trás
Desacreditado voce vai ser enquanto estiver lá
Nessa festa sem motivos pra comemorar.

Alguns metros por segundo e vou voltar
Enquanto minha vida termina.Será?
Voce é tudo que eu vou levar
Pra esse lugar que todos dizem querer encontrar
Será que há?
Algum ponto em que tudo termine
E que voce se conforme em dizer pra sempre
Quer que te ensine?
Rindo disso tudo eu sei, mas eu não quero
Isso é pra provar que eu não sei nada
E ainda estou longe de ser sincero
Sou apenas mais um que acredita
Na verdade que existe escondida
Tanto tempo desacreditado?
Antes de acabar, desanimado?
Não queria estar despreocupado agora
A bela canção para os meus ouvidos
É a parte que eu viro as costas e vou embora
Encantado por um sorriso desconhecido
Apenas com vontade de sair daqui.Me perdi...
Aquila Monteiro
Enviado por Aquila Monteiro em 05/05/2006
Código do texto: T150934
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aquila Monteiro
Itajaí - Santa Catarina - Brasil, 31 anos
30 textos (1253 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:03)
Aquila Monteiro