Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARADOXAL

PARADOXAL
 

Do nada sai tudo
e do tudo o nada fica.
Do vazio o preenchido
no pleno um buraco acaba
com sinais radicais,
como grito de animais.
Ecos, gemidos, matéria.
Viva miséria que no escuro o mistério
revela
um novo amanhã, uma nova aurora,
um novo aconchego, mais um abraço e mil beijos
novas esperanças traçadas na areia a beira mar
levadas por ondas, apagadas, pegadas
dos corpos nus com almas hermeticamente fechadas
FACHADAS, MASCARAS NAS ENCRUZILHADAS.
Saleky
Enviado por Saleky em 05/05/2006
Código do texto: T150937

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Saleky
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
19 textos (1136 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:41)
Saleky