Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BRASIL


Brasil, minha terra amada
És a vaca gorda e sagrada
Lenta e pesada
Que não consegue andar
Por causa dos carrapatos
Filhos da terra pátria
Ou de um terreno distante
Que te atormentam a toda hora
E te aborrecem – a cada instante
E não te deixam engordar
Pra te tornares um elefante.

Os abutres de penugem branca
Pousam em teu dorso gigante
Beliscam-te o couro bem feito
Para sorverem o teu ouro brilhante

Os piolhos não te deixam em paz
Os que nasceram em teu pêlo
E os que migraram em cheio
Dos rebanhos alheios

Mas que sei és nobre
Como impávido colosso
Tens mais carne que osso
Que sairás de tua letargia ancestral
Despontarás do teu entediante curral
Como a vaca sagrada
Ou o leão mais forte
Que derrota o TOURO BUFANTE
Ou o gado mais unido
Do REBANHO DO NORTE.
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Enviado por Pedro Ernesto Prosa e Verso em 07/05/2006
Código do texto: T151908
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Fortaleza - Ceará - Brasil
439 textos (8780 leituras)
1 e-livros (6 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:59)
Pedro Ernesto Prosa e Verso

Site do Escritor