Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Onde será que tu andas
Cadê a Lua que não me diz nada,
Desde o ultimo momento que lhe vi,
Não sei onde te encontrar...
Eu me proponho a lhe procurar
Sou uma vítima de seu olhar!

Desejo ser tua novamente...
Apagar o vulcão que há dentro de mim,
Pelo desejo por ti

Paixão insana..
És um mal necessário para minhas noites escuras
És meu desejo secreto em noites de Lua
Viva ainda estou por ti..
Mas morrei, sem mais sentir teu calor, bem sei...

Eu te proponho um deslize
Um erro convertido em acerto
Eu me proponho ser de ti
Um vulcão em noites luaradas..

Minha intuição diz...
Que não serei mais tua!

Que o vulcão que há em mim..
Se recenderá em um reencontro,
Mais lá adiante...
Quando nossos olhos se cruzar,
Como se fosse a primeira vez de nossa estória!

E será ai que novamente,
Iremos sentir a larva
Do desejo arder,
E consumir nossas almas,
Sem dizer uma só palavra..
Apenas nus reconhecer!

Eu em ti
E
Tu em mim.

MoneCarmo
Enviado por MoneCarmo em 07/05/2006
Reeditado em 07/05/2006
Código do texto: T151931
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
MoneCarmo
Belém - Pará - Brasil, 38 anos
2137 textos (293178 leituras)
72 áudios (9290 audições)
4 e-livros (1067 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/03/17 00:21)
MoneCarmo

Site do Escritor