Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada Igual (musica)

Vou passar por aí qualquer dia, pra dizer: também não sei!
Vou falar por aí qualquer coisa além da fronteira
Se você não entrar em parafusos, mais um poeta morreu

Nada igual ao que não é normal
Palavras novas mesmas idéias

Vou gritar absurdos em qualquer lugar, pra ver o tempo passar
Vou me plantar de ponta-cabeça no teu jardim, pra ver o que você faz
Se você não chorar, ou talvez rir, menos uma poesia nasceu

Nada igual ao que nunca disseram
Idéias novas, mesmas essências

Se você não chorar, se você não rir e deixar passar
Eu vou me indignar e tudo ficará sempre assim

Nada igual ao que não é normal
Palavras novas mesmas idéias
Nada igual ao que nunca disseram
Idéias novas, mesmas essências

setembro de 2000
Guilherme Lombardi
Enviado por Guilherme Lombardi em 07/05/2005
Reeditado em 10/12/2010
Código do texto: T15485

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guilherme Lombardi
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
152 textos (14480 leituras)
5 áudios (758 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:05)
Guilherme Lombardi