Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O HOMEM "NAUFRAGA" E O DEUS "OBSERVA"

Por Rosa Regis
Natal/RN - 19.06.2002

Sou marinheiro perdido
No barco da vida... à deriva... no mar
Este mar de tristeza e alegria...
De paz... de agonia...
Cheio de ilusões!
Que me deixa só... desiludido...
Sem encontrar sentido para as emoções.

E ainda...
O Posseidon, ressentido,
Em breve Investida atira-me ao mar!
E sem compaixão, “ aprecia ”
O barco da vida em seu Mar afundar.

Posseidon!...
Tenha pena de mim,
Marinheiro que sou e que nada sei!
Não fui eu quem criou a alegria e nem a tristeza.
E disto eu bem sei.

Não te ires comigo, Senhor
Das ondas da vida... do mar de ilusões.
Sede ameno... E me deixes planar
Em teu dorso... e sonhar
Com meras paixões.

Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 14/05/2006
Reeditado em 23/09/2010
Código do texto: T156040
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Regis
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 67 anos
383 textos (153748 leituras)
1 e-livros (7 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:59)
Rosa Regis

Site do Escritor