Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempo

O tempo é o chicote que açoita a alma da gente
ferindo o corpo,dilacerando, o tempo sempre vence
o etmpo é louco irresponsável, inumano
não escolhe quem deve ser ferido, ele é mesquinho
atinge o corpo com seus intentos, vai fundo  no ego
massifica e não tem paciência
mesmo que corras, te espera no local da chegada
mesmo que fiques, te mata no banco sem piedade
precisa viver-se o tempo
sem que te humilhe contra o vento
e morra na geada penando
o tempo é o amor jogado fora
nas poesias apaixonadas e vazias
Unquento da alma, outrora ferida
hoje dilacerada e inútil
 
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Enviado por JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES em 14/05/2006
Código do texto: T156177
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Eldorado do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
216 textos (80339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 14:08)
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES