Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SENTIMENTO ADORMECIDO...

O sol no infinito brilhava,
com seus raios a queimar,
era um domingo de vida,
de sonhos despedaçar...

Olhastes dentro dos olhos,
um frio percorreu minha alma,
me pedistes pra esquecer,
foi um punhal que inda sangra...

Teu sorriso que era meigo,
transformou-se num espanto,
destruístes meu amor,
a paixão e o encanto...

Resisti heroicamente,
fiz das tripas coração,
abafei o meu gemido,
grito de pranto e de dor...

Quero que nunca esqueças,
que um dia fizestes parte,
parte da minha sina,
na minha carne ficastes...

Não te desejo mal,
não guardo ódio nem mágoa,
quero que sejas feliz,
nisto minha vida se acalma...

Não sei se esquecerei,
dormirei meu sentimento,
na esperança que um dia,
descobrires meu tormento...
Carmen Dávila (Marina*****)
15/05/2006)
Carmen Dávila
Enviado por Carmen Dávila em 15/05/2006
Código do texto: T156360
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carmen Dávila
Olinda - Pernambuco - Brasil, 67 anos
129 textos (16341 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:27)
Carmen Dávila