Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flor bela

São castanhos os olhos dela.
O tempo,na verdade, roubou-lhe um pouco do sorrir,
mas tem à face, trilhas
que conduzem a constantes lembranças..

Não têm calo as mãos dela.
Menina nascida e crescida no interior,
que se tornou professora,enfermeira,
costureira,mâe:
de um homem que já nasceu pai,
de filhos e filhas,
de tantos outros necessitados
de pão, remédios,
palavra de Deus.

Não são mais como a noite seus cabelos.
prateou-lhe cada fio o brilho da lua.
Premio recebido pelos caminhos trilhados,
 sonhos realizados, noites mal dormidas..

É cor de ouro a menina dos olhos dela.
Brilho adquirido a cada romper da aurora,
recostada a cabeceira da cama,
de rosário em mãos,
olhar caminhante,
sorriso de boas vindas a cada interferência.

Porque passa o tempo na vida dos filhos

Cobriu-lhe os cabelos o pratear da lua...
 astros e planetas sobrevoam seu universo.
Roubou-lhe  brilho dos olhos algumas estrelas...
brilha em sua aljava estrelas cintilantes.
Nvegam por seus lábios meio sorrisos...
correm pela casa risos renovados.
Ovigor de outrora lhe escapou entre os dedos...
mas abençoada és entre as mulheres.

Tu és flor única em nosso jardim
repleto de tantas outras.
Smpre a cultivar em suas terras
 raras mudas.
Umas ganhadas, outras compradas
tantas outras filhas de sua natureza criadora..

Um dia, serás lembrança no meu coração.
No ouvirei mais tua voz,
não a verei a passear pelo jardim,
nem recostada a rezar a cada romper da aurora.
Sentirei apenas seu perfume
nos jardins por onde eu caminhar.
Cda botão será  prelúdio de um sonho bom,
pois em cada rosa se farás eterna,
exalarás o perfume de um anjo
que aceitou a difícil tarefa de ser mãe,
a minha mãe.





veronica eugenio
Enviado por veronica eugenio em 09/05/2005
Código do texto: T15723

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
veronica eugenio
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
39 textos (2379 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:20)
veronica eugenio