Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                            
                              
                                      MENINO GUERREIRO
                                     TEUS OLHOS BREJEIROS
                                     A ALMA ME DESPE....
                                     TEU RISO É PRECE
                                    A PRAÇA É SEU LAR,
                                    SEU LEITO,A NOITE
                                    NINGUÉM PRA AMAR,
                                    A VIDA, AÇOITE...
                                    MENINO TE AMO.
                                    RASGADA SOLIDÃO,
                                    TUA DIGNIDADE,PROCLAMO
                                    Á DEUS E AO CIDADÃO.
                                    MENINO FELINO
                                    DO MUNDO INQUILINO,
                                     QUE MUNDO
                                  MAIS IMUNDO
                                 QUE ABORTA TEUS DIREITOS
                                 NUM DESPREZO PROFUNDO
                                 E "MATA" TEUS DEFEITOS
                                  NA PONTA DA ARMA
                                  MENINO
                                  QUE A VIDA DESARMA,
                                  QUE A MORTE PREMATURA
                                  NA MAIOR ATROCIDADE
                                  EXPÕE FÉTIDAS FERIDAS
                                  DA DECADENTE SOCIEDADE
                                  AVILTANDO A CRIATURA.
                                  URGE QUE O HOMEM
                                   QUE O CONSUMO CONSOME
                                  LEMBRE O QUE É SER,
                                  INDIGNE SE INFLAME
                                  FORME EXÉRCITO FRATERNO
                                  EM SOCORRO DOS REBENTOS
                                  QUE AGONIZAM AO RELENTO
                                  Á PORTA DOS HIPERMERCADOS
                                  COMO LIXO JOGADOS
                                  ANTES QUE A "JUSTIÇA"
                                  TIRE DOS OLHOS A VENDA,
                                  DE CÓLERA SE ACENDA,
                                  NAS RUAS E PRAÇAS   ....
                          
                                     
 
                               

  


















                             
                             
Teca
Enviado por Teca em 19/05/2006
Reeditado em 11/08/2006
Código do texto: T159025

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1121 textos (122850 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:22)
Teca

Site do Escritor