Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PLANETA DAS SOMBRAS

Era o reino da tristeza
Rio onde todo o mal
Vinha desaguar
Era lá que encontrávamos
As almas
Que nem no purgatório conseguiram entrar
A lei de todos os dias
Era o receio permanente
De tudo o que se construía ser demente
Porque a loucura
Dominava as ruas e as almas
Pena não assumida
De que nenhuma pessoa estava salva
Falava-se por murmúrios
Um berro era um suspiro
O riso proibido
Terrível inimigo
Invisível nos olhares escuros
Que todos ostentavam
Eram obrigados
A envergar
Fato sem cor
Que se confundia com a noite
Mas não com o luar
Dado até este ser negro
Possuir algo
De secreto
Na sombra da nossa Lua
Criamos magia
Lá planta-se a porfia
De quem nada tem
De quem tudo perdeu
Ali era a terra do nada
De nenhuma circunstancia e sombria pompa
Sejam bem vindos às trevas
Ao

Planeta das sombras

Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 21/05/2006
Código do texto: T160096

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5079 textos (170381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:18)
Miguel Patrício Gomes