Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viva o tormento pois estou Vivo

Viva o tormento de morrer
Viva o tormento de ser
Viva o tormento de não saber
Vivo como se não ouves se o amanha
Pois o tormento de não amar e igual à de não viver ou de viver e não amar
De amar e não saber quando parar
Para ``parar´´ para que se o tormento de amar e igual ao de amar e não ser amado
Pois profundo lago gelado e solitário a se perder em suas águas límpidas e árticas
Que me perco em pensamentos e o tormento e esta ali num lugar tão belo
E ao mesmo tempo tão frio e não ter ninguém para amar a não ser a própria vida
Que me deixara ali sozinho num tempo inóspito a mercê do destino
Só o sol me olhara, as arvores al meu redor me aconchegava e a tristeza era minha companhia.
E minhas lagrimas ao encontro do lago e o lago já não era tão doce e neim suas águas mais calmas
Suas águas ficaram salobras, e turvas al ver um ser sofrer, então perguntei a mim mesmo porque as águas estavam daquele jeito então entendi, que a água e paz, e fonte de vida e a me ver chorar ele também chorava comigo pois quem da a vida sofre a ver um ser que ele Dara a vida sofrer e que belo espetáculo do lago o espetáculo do elemento que Dara vida para todos no planeta, tão antigo quanto o sistema solar
Então o tormento não era do lago e sim meu e o tormento era só ilusão de ter e perder amar e sofrer,viver e morrer e que tudo tem lugar e sofrer só para os vivos então
Viva o tormento, pois estou vivo.
 


amador
Enviado por amador em 21/05/2006
Código do texto: T160341
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
amador
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 28 anos
26 textos (1834 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:48)
amador