Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POVO LOUCO

Mal vai-se um dia, vem outro,
a conversa é sempre a mesma:
Dinheiro... enfim, só dinheiro...
só dinheiro o ano inteiro!
Dinheiro pra vereador,
deputado, senador,
prefeito, governador,
loteria, mordomia,
empreiteiro, interesseiro;
junto, o mau negociador
estimulando a esperteza
do fiscal constrangedor
deus do mau profissional
que igual propina adotou.
- Fugindo a regra de tudo,
não há dinheiro pra escola,
seguridade, saúde
ou pra ajudar o ancião,
salvar a criança da rua,
dar-lhe amor e compreensão
sem nenhuma falcatrua!
Mas há dinheiro sobrando
pra reajustar o salário
do infiel politiqueiro
de qualquer jurisdição,
o que se aposenta aos oito
sem a menor depressão.
- Abre os olhos povo louco!
Alguém te faz surdo e manco
pra fugir do solavanco
que te põe contra a parede
lesando a força que faz
o poder que tens na mão!
Povo louco acorda e vai
tua riqueza imprime ação!
Um grito teu vale tanto,
que transforma uma nação
desmantelando qualquer
ditadura em gestação.









Zecar
Enviado por Zecar em 10/05/2005
Reeditado em 20/07/2016
Código do texto: T16050
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zecar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
249 textos (20146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:45)
Zecar