Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SERENAR

SERENAR


Eu queria serenar...
Quando as águas se agitam...
Também gosto de acalmar
A certas vozes que gritam.


Precisamos muita paz
Sermos bons e sermos gente...
Certamente satisfaz
Toda a gente, igualmente!


Não gosto de ser forçado
Para qualquer decisão
Muito menos comandado
À força e sem razão.


Por mim, sempre se começa
Exemplos de prontidão...
E sempre que alguém tropeça,
Devemos dar uma mão.


Minha rotina é normal
Tê-la-ei sempre a meu ver
Daqui, ou daí igual...
Não tenho nada a dever!...
João da Palma
Enviado por João da Palma em 23/05/2006
Código do texto: T161581
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João da Palma
Portugal, 76 anos
101 textos (8775 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:07)
João da Palma