Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rodas de Violão

Nas escolas do mundo
ou com geladas na mesa,
nossas vozes presas
num tom tanto vagabundo,
transbordam na canção alheia

É onde nossa alma bambeia...
Onde nosso medo, receia!

É assim:
As canções, amarramos
com as seis sonoras cordas!
E para todos, na roda
as jogamos...
Para afinar a vida,
ou harmonizar a dor adquirida!

E se quem apenas canta,
seus males espanta
Então, na roda de violão
com a voz e emoção,
seus males amansa e encanta!
Augusto Sapienza
Enviado por Augusto Sapienza em 24/05/2006
Código do texto: T162336

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augusto Sapienza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
52 textos (2158 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:03)