Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desilusão

Despertou-me para a vida
De um sono profundo,
No vago.

Onde não havia sonho,
Nem cor,
Nem perfume
E nem dor.

Onde não havia beleza,
Nem paz,
Nem risos
E nem calor.

Viestes como um anjo menino,
Sem sexo, nem nexo.
Sentimentos tão coerentes
De alegrias
E triste ilusão.
Luna
Enviado por Luna em 25/05/2006
Código do texto: T162922
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luna
Paranaguá - Paraná - Brasil, 54 anos
7 textos (355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:13)