Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DA MEDIOCRIDADE(PARÓDIA)

Antes de ler, é bom que saiba que o texto a seguir é uma paródia do poema de Vínicius de Morais "soneto da fidelidade" e que ele foi escrito às pressas na própria tela do computador.Desculpe os erros de métrica e de rima

DE TUDO AO ELEITOR SEREI ATENTO
ANTES E COM TAL ZELO E SEMPRE E TANTO
QUE MESMO EM FACE DO MAIOR ENGANO
ELE SE ENCANTE MAIS COM MEU PROJETO

QUERO ENTRETÊ-LO EM CADA VÃO MOMENTO
E EM MEU LOUVOR EI DE ESPALHAR OS SANTINHOS
E COM SEU VOTO EU GANHAR MEU CANTO
E MUITO DINHEIRO COM CORROMPIMENTO

E QUANDO ANTES QUEM SABE HOUVER UMA CPI COM PIZZA
FIM DE QUEM MAMA
OU O FIM DO MANDATO TRISTEZA DE QUEM ROUBA

POSSA LHE DIZER DOS LUCROS QUE TIVE
QUE NÃO SEJA ETERNO POSTO QUE É LADRÃO
MAS QUE SEJA EXÍMIO ENQUANTO ROUBE
caique silveira
Enviado por caique silveira em 26/05/2006
Código do texto: T163604
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
caique silveira
Recife - Pernambuco - Brasil, 28 anos
9 textos (1354 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:52)
caique silveira