Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO MEU PEITO

NO MEU PEITO


NO MEU PEITO HÁ POESIAS
QUE NEM EU CONSIGO LER...
SÃO RECADOS, FANTASIAS
QUE FICAM POR DESCREVER!


NO MEU PEITO HÁ POESIAS
Dia e noite, amarradas...
Há tristezas e alegrias
À espera das madrugadas!..


Há Sonetos e Glosas
QUE NEM EU CONSIGO LER...
Há Quadras silenciosas
Com receio de aparecer!


Avisos dos nossos dias...
Conselhos, se não confundo...
SÃO RECADOS FANTASIAS
Que ficam por dar ao mundo!


Poemas de nossas vidas,
Fechadas sem aparecer...
Algumas adormecidas...
QUE FICAM POR DESCREVER!
João da Palma
Enviado por João da Palma em 27/05/2006
Código do texto: T164181
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João da Palma
Portugal, 76 anos
101 textos (8775 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:13)
João da Palma