Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu morri num tempo de amor

Que meus dias se tornem mais audaciosos conforme o tempo passa


Eu apenas posso olhar para trás
E garantir que cada passo meu se torne grande
E perceber que qualquer coisa faz sentido
E ver que o inimaginável é meu pai de segunda ordem

Em meus sonhos eu morri num tempo de amor
Ali não haveria claramente algo para parar minha mente
E eu nunca me machucaria
Eu nunca teria q mentir
Então esse é meu adeus

Adeus

É algo que você nunca poderá provar
A menos que se deixe morrer por alguns instantes
Posso apenas provar cada morango vermelho
E dissipar cada calor mortal em mim, congelado
Cada passo que eu der
Cada escada que eu cair

Nos meus sonhos eu morri num tempo de amor
Então esse é meu adeus
Acredite: você nunca irá me acreditar

Nos meus sonhos eu poderia parar o tempo
Então eu acordei numa tarde cinzenta de Abril
Lá, do outro lado do mundo
Maria Aguilar
Enviado por Maria Aguilar em 27/05/2006
Reeditado em 28/05/2006
Código do texto: T164301
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Aguilar
São Paulo - São Paulo - Brasil
45 textos (2281 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 14:04)