Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
                                             
                                                   Senhora Morte...
                                            Haverá de chegar um dia
                                            Haverá de chegar!
                                            E nesse dia
                                            Ao solene soar
                                            Da ave Maria
                                            Alguém há de lembrar
                                            De mim.
                                            E que antes nessa hora
                                            E nesse lugar,
                                            Outrora
                                            Existiu alguem
                                            Que amava cantar
                                            E também jogar
                                            o jogo da vida......
                                            Mas...aí não mais estarei.
                                            Uma breve lembrança
                                            Uma sombra talvez
                                            È o que serei
                                            nada mais......
                                            Entre suspiros e ais
                                            Talvez alguem diga:
                                            A vida é fugaz aliança
                                            Jogo de Xadrez
                                            Onde o Rei
                                            È brinquedo de criança
                                           No reino do talvez.
                                           AÌ o rei
                                          È uma peça apenas
                                          E jogo continua
                                          A dura penas....
                                         --Talvez uma flor
                                            Beijada pelo vento
                                            La, no alto da colina
                                           Hà de falar do amor
                                           Que ficou no tempo
                                           No olhos de uma menina......
                                          Mais um pouco de tempo....
                                         E enfim
                                         Não restará mais nada
                                         De mim.
                                         SÒ o silêncio.
                                         Voz calada
                                        E mais nada.
                                        Mas, deixo meu testamento:
                                        Não lastimem meu fim
                                        Cantei, amei,sangrei...
                                        E mesmo no sofrimento
                                        Jamais de mim tive pena.
                                        Pois, não passei aqui sómente
                                        Mas.....
                                        EU VIVi !!
                                      Apaixonadamente
                                       VIVI!
                                       Por isso não tenho mêdo
                                       Do silêncio que virá.
                                       AÌ está o segredo
                                       O qual
                                       Dona morte não roubará...     

                                                     
                                            H
Teca
Enviado por Teca em 28/05/2006
Reeditado em 28/05/2006
Código do texto: T164569

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1120 textos (122832 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:48)
Teca

Site do Escritor